Botas táticas, as verdadeiras trincheiras para os pés

todas-botas

No combate iminente é preciso estar literalmente calçado dos melhores produtos.

Elas suportam o peso da coragem de guerreiros destemidos. Encaram as hostilidades de jornadas vistas como ingratas. Elas estão numa espécie de linha de frente. Ainda que sempre estejam “rastejando”, são consideradas, talvez, a parte mais imponente no EDC de um soldado. Se você ainda não sacou do que estamos falando, meu chapa, vamos ser mais claros: a INVICTUS vai meter o pé na porta pra falar de botas de combate.

todas-botas

Quando falamos em botas militares, logo vem à cabeça o coturno. Como aqui a gente gosta de ir um pouco além na história das coisas, o coturno é uma derivação de uma palavra em latim “cothurnus”. O significado raiz do termo descreve uma sandália de solado grosso com amarras até a altura do joelho. Isso não te lembra algo?

grego

A evolução do calçado

A partir da Guerra Civil Americana, no século 19, as tropas apresentaram coturnos em couro que ofereciam proteção contra investidas inimigas e clima. Essas botas eram grandes e tinham alongados os canos de couro até uma altura abaixo do joelho, o que, com o uso, foi constatado o comprometimento da mobilidade, já que a densidade da matéria prima dificultava o movimento natural das articulações dos pés.

Com o advento das grandes guerras mundiais, a tecnologia passou a integrar pelotões. É claro que os calçados também entraram nesse barco. Na 1ª Guerra Mundial (1914-1918), as proteções de “canela” foram mantidas, porém, para resolver a questão da maleabilidade das botas, especialmente nas articulações de tornozelo, surgiram as amarrações por cadarço.

1a-guerra

Já na 2ª Guerra Mundial (1939-1945), modelos mais semelhantes aos que temos hoje começaram a aparecer. Coturnos de cano mais curto, priorizando a leveza, foram utilizados por todas as tropas envolvidas no conflito. Para solucionar o problema da proteção das canelas, polainas foram desenvolvidas; assim, as botas garantiam maior mobilidade e agilidade, como também protegiam os tornozelos contra torções.

2a-guerra
Até o último homem – Diamond Films

Anatomia do calçado

Com o passar dos anos e, evidente, das guerras que marcaram a história moderna da humanidade, os calçados de combate ganharam características particulares que potencializaram seu uso. Da guerra do Vietnã (1955-1975), até os tempos atuais, esta evolução ficou ainda mais nítida.

grafico

Utilizamos a INVICTUS Havoc 8” para demonstrar as partes consistentes numa boa bota de combate. Note que a região de articulação, que garante toda a mobilidade do operador, é composta de CORDURA 1000, um material super-resistente e ao mesmo tempo maleável. Essa composição é extremamente importante, já que a bota é fabricada em couro, uma matéria prima conhecida pela durabilidade. Sem a CORDURA, imagine, teríamos botas feitas inteiramente em couro, voltando aos século 19, na Guerra Civil Americana, lembra?

Outro detalhe fundamental, e que, no caso das botas táticas INVICTUS é o diferencial perante as marcas do mercado tático nacional, é o solado com tecnologia Direct Injection.

Mas o que é Direct Injection?

A INVICTUS investiu pesado para lançar algo jamais visto em marcas táticas nacionais, o solado de injeção direta. Esse processo livre de colas e costuras injeta o solado diretamente no cabedal, o que significa nada menos que indestrutibilidade. Sabe aquela ida ao sapateiro? Pois é, com INVICTUS, nunca mais.

havoc

A Intruder é a 6 polegadas da linha INVICTUS

Impermeabilidade

Desenvolvidas para encarar situações de calamidade, selva e terrenos instáveis, as botas táticas também tiveram que ser adequadas para suportar a água. No caso da linha de calçados táticos INVICTUS, a bota anfíbia é a Amphibiam Dry 8”. Seu sistema de impermeabilidade é composto por uma manta dupla, garantindo a vedação sem comprometer a ventilação dos pés.

amphibiam

Pés secos mesmo debaixo d’água.

Trekking x militar

Ela pode até ter uma aparência menos agressiva, sobretudo pela imponência dos estilos de coturnos (8 e 6 polegadas), mas se engana quem pensa que a Tractor Hiking é para dias mais tranquilos do cotidiano. Ela não leva o nome de “trator” por acaso, seu solado possui travas de alta tração especiais para trilhas em terrenos irregulares. Além disso, é um calçado que apresenta palmilhas anatômicas, é leve e confortável, como manda o figurino quando o assunto é vida ao extremo.

tractor

Tractor Hiking é a bota tática-outdoor da linha

Proteger os pés com qualidade, sem comprometer a mobilidade do agente é a principal função das botas de combate. A escolha do seu calçado, seja para atividades profissionais, dia a dia ou práticas desportivas é importantíssima para garantir sua segurança e alta performance. Conheça a linha de botas táticas INVICTUS e faça de qualquer território, seu território.

Invictus

Esse espaço pertence àqueles que buscam conhecer o próprio instinto, àqueles que treinam sem temer ou subestimar o desconhecido; aos que perseguem sonhos com pés firmes no chão, aos que buscam no preparo físico e mental a melhor maneira de viver em equilíbrio e autocontrole. Aqui você vai encontrar todas as novidades do mercado tático, militar e outdoor, no Brasil e no mundo.

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.